Imóveis especiais

Morar em apartamento é ruim? 7 vantagens de morar em apartamento

/
6 0
morar em apartamento é ruim
Tempo de leitura: 8 min

No momento de conquistar o primeiro imóvel, muitas pessoas ficam na dúvida de escolher entre uma casa ou apartamento. Porém acabam optando pela primeira opção, já que existe um mito de que morar em apartamento é ruim.

Mesmo que sejam tipos de imóveis que tenham a mesma finalidade, eles são muito diferentes em diversos fatores, como o tamanho, privacidade, segurança, praticidade e outros quesitos que devem ser analisados, de modo a escolher aquele que atenda melhor às necessidades da família.

Se você tem a intenção de morar em um apartamento, mas ainda tem dúvidas, continue a leitura! Esclareceremos alguns pontos e mostraremos todas as vantagens que essa experiência pode trazer para sua família. Existem diversos fatores que comprovam os benefícios de morar nesse tipo de imóvel. Confira!

Afinal, morar em apartamento é ruim?

A escolha do tipo de imóvel é uma parte fundamental de todo o processo, pois está diretamente ligada à qualidade de vida de toda a família no novo lar. É normal que existam dúvidas sobre o melhor ambiente para se viver: “casa ou apartamento?” Esses dois tipos residenciais são muito distintos, ainda que apresentem vantagens específicas. 

Portanto, a resposta para a pergunta acima envolve uma série de questões contextuais de cada morador, especialmente sobre as suas prioridades e o estilo de vida que se deseja ter. Pontos como: economia, segurança, praticidade e lazer, por exemplo, sempre devem ser analisados. 

Quais as vantagens de se morar em um apartamento?

1. Segurança

Um dos motivos que reforçam a escolha de um apartamento é a segurança, principalmente em cidades grandes. Muitos prédios contam com portaria 24 horas, portão eletrônico monitorado, câmeras de segurança e um controle restrito de visitantes, além de ferramentas mais robustas como as cercas elétricas, portas de entrada magnética, senha do elevador etc.

Quando você mora em um apartamento ou não está em um condomínio, as pessoas desconhecidas só baterão na sua porta se você permitir, pois o porteiro avisa a você antes pelo interfone sobre esse possível contato. Em uma casa, o morador está mais suscetível a vendedores ou pessoas estranhas, por exemplo. 

Há ainda um ponto importante: a elevação dos apartamentos dificulta o acesso de ladrões e, muitas vezes, ajudam a coibir a ação de invasores. Por causa do tom restritivo, o apartamento tende a ser mais seguro, inclusive nos períodos em que os moradores estão de férias e ausentes da residência. 

2. Localização

Quando se mora em um apartamento, você adquire um imóvel com valor de compra ou aluguel mais em conta se comparado a casas e sobrados localizados na mesmo região. Ou seja, você consegue morar em um lugar bem localizado na cidade e que seja mais barato do que os outros tipos.

A oferta de apartamentos nos centros urbanos é muito grande hoje em dia, na medida que a de outros tipos de imóveis vem diminuindo. Nas áreas mais centrais da cidade, há um grande predomínio de apartamentos, sendo assim, você tem muito mais opções de onde morar e que sejam bem localizadas.

Sobre a localização, vale destacar que é importante ficar atento à infraestrutura estabelecida ali na proximidade. Verifique a existência de escolas, hospitais, centros comerciais, farmácias, bancos, igrejas, shoppings, restaurantes, bem como parques, praças e espaços de lazer, que impactam diretamente na qualidade de vida da família.

Apartamentos bem localizados em áreas centrais da cidade têm fácil acesso para outras regiões e bairros, com muito mais opções de transporte público, ônibus e estações de metrô, e vias de acesso, tanto para o próprio município quanto para outros lugares.

Morar em apartamentos é uma estratégia para quem quer ter mais praticidade e não quer perder horas no trânsito, por exemplo.

3. Convívio social e amizades

Morar em um prédio facilita bastante a socialização entre os vizinhos, o que pode se transformar em um duradouro laço de amizade. Esse é um fator importante para quem tem filhos pequenos, pois as crianças podem fazer amiguinhos no condomínio e podem brincar dentro do próprio local, com total segurança. Os pais ficarão muito mais tranquilos, enquanto os filhos aproveitam a infância. 

É um ponto também bastante vantajoso para os adultos, pois os vizinhos muitas vezes passam a ser grandes amigos, podendo ser um suporte em diversas situações em que a pessoa precisa de ajuda — afinal o vizinho será aquela pessoa mais próxima que pode ajudar em uma emergência. Esses casos podem ser também para ocasiões em que o morador tem que se ausentar e precisa de alguém para tomar conta do apartamento.

4. Lazer

Os apartamentos podem ser compostos de áreas de lazer com uso comum entre os moradores, onde é possível passar por bons momentos de diversão e descanso. Esses espaços de lazer podem ser: academia, piscina, área gourmet com churrasqueira, salão de festas, playground, quadra poliesportiva, salão de jogos etc.

O morador pode aproveitar todos esses espaços até mesmo com visitantes, como parentes ou amigos, para comemorar alguma ocasião ou somente fazer uma reunião de família. Existem diversas atividades para poder aproveitar esses locais, cujos custos de manutenção são baixos, uma vez que é dividido para todos os moradores do prédio. Se fosse em uma casa, seria mais difícil construir todas essas dependências.

Fora que ter esses espaços de lazer no próprio prédio é uma forma muito fácil de curtir e fugir um pouco do estresse da rotina, que interfere diretamente na saúde da pessoa. Imagina poder curtir uma piscina depois de um dia cansativo e de muito calor? Seria ótimo, não é mesmo?

É importante lembrar que nem todos os prédios tem dessas áreas de lazer. Portanto, se seu objetivo é poder aproveitar desses espaços, procure um empreendimento que ofereça essas opções, pois, afinal de contas, é uma grande vantagem para quem mora em apartamento.

5. Praticidade

Outro fator muito importante que traz muitas vantagens para quem mora em apartamento é a praticidade que envolve toda essa experiência. Você terá tudo o que deseja sempre ao alcance das mãos ou bem próximo, uma vez que o apartamento é relativamente menor que uma casa.

Com a correria dos dias de hoje, as pessoas são obrigadas a fazer duas ou três coisas ao mesmo tempo, ou seja, um espaço mais compacto e com tudo mais próximo a você, pode tornar essas tarefas muito mais fáceis de serem realizadas — sem contar que também facilita a organização do imóvel.

6. Limpeza

Todo mundo sabe o quão é trabalhoso limpar uma casa, ainda mais aquelas que são grandes, com cômodos espaçosos e toda uma área externa para fazer manutenção, como garagens e jardins. Dessa forma, outro benefício de morar em um apartamento é a facilidade que as pessoas têm para limpar o espaço.

Você é responsável de fazer a faxina apenas na sua unidade do prédio, ou seja, está limitado realmente apenas ao seu apartamento. Como esse tipo de imóvel pode ser menor, como é o caso de lofts ou flats, você tem muito mais facilidade para poder limpar tudo.

A limpeza do restante do prédio, com as áreas de uso comum, áreas de lazer, estacionamentos, dentre outros, fica sob a responsabilidade do condomínio, que contrata serviços terceirizados para a realização dessa tarefa.

Como as pessoas sempre têm rotinas turbulentas e pouco tempo para realizar tarefas de casa, em um apartamento você gastará menos tempo para limpar o espaço ou fazer alguma manutenção. Fora que as áreas de uso comum do prédio são de responsabilidade do condomínio, ou seja, não fica a cargo do morador.

7. Preços

O preço também é outro fator relevante que influencia na escolha entre casa e apartamento. As casas de um determinado padrão de vida costumam ser mais caras do que apartamentos que sejam equivalentes. O valor de compra ou aluguel também são maiores.

Os apartamentos têm despesas mais enxutas e condizentes com a realidade de vida da maioria das pessoas. Mesmo que um prédio tenha diversos gastos para manutenção, melhoria e investimentos, esse valor é dividido entre todos os moradores e não fica um custo muito alto para cada um. Em uma casa, você seria o único a arcar com esses custos.

Por fim, durante todo esse processo para adquirir um apartamento, é importante ter ao seu lado uma empresa de confiança que ofereça esse suporte para os clientes. Geralmente, as imobiliárias contam com profissionais capacitados e especializados no assunto.

Esses profissionais mostrarão a você todos os benefícios que um apartamento pode trazer, oferecendo as melhores opções com relação àquilo que você deseja e atenda a toda a família, bem como algo que condiz com a sua necessidade e realidade financeira.

Essas empresas também oferecem assessoria jurídica durante as negociações de compra e venda, auxiliando em toda a parte burocrática, defendendo os seus direitos e fazendo com que todas as partes saiam beneficiadas da negociação. Elas ajudarão você a encontrar o apartamento ideal com extrema segurança.

Viu que o mito de “morar em apartamento é ruim” é totalmente falso? Ficou interessado em ver mais conteúdos como este ou até mesmo conhecer um pouco dos nossos serviços? Então entre em contato com a nossa empresa que auxiliaremos naquilo que você precisa!

Posts Relacionados
/

No momento de conquistar o primeiro imóvel, muitas pessoas ficam na dúvida de escolher entre…

/

No momento de conquistar o primeiro imóvel, muitas pessoas ficam na dúvida de escolher entre…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up